Escolha uma Página

A alimentação equilibrada é considerada um dos principais fatores que contribuem para uma longevidade saudável. Dia 31 de março é celebrado o Dia da Saúde e Nutrição, data para lembrar a importância de bons hábitos alimentares na manutenção da saúde. Sabendo disso, iremos compartilhar com você a importância de manter o equilíbrio nutricional em cada etapa da vida.

Vamos começar do básico, desvendando a nutrição como o conjunto de processos que envolvem a ingestão, digestão, absorção, metabolismo e excreção dos nutrientes. Tal processo é responsável por produzir energia e manter as funções do organismo. Cada fase da vida de um ser humano contempla necessidades nutricionais diferentes, que influenciam o bem-estar físico e mental individual. Acompanhe:

Infância

Ao longo da infância, a criança deve conhecer e experimentar alimentos saudáveis, pois é nessa fase que ocorre a formação e crescimento. A alimentação nessa etapa é essencial para um crescimento e desenvolvimento adequados.

Nesta fase é importante respeitar horários e refeições a serem realizadas. Após a etapa de aleitamento materno, a alimentação infantil deve incluir cereais, verduras, legumes, proteínas, leguminosas e frutas. É importante lembrar que o estímulo ao consumo de guloseimas e alimentos de baixo valor nutricional deve ser evitado.

Adolescência

Importante fase de crescimento, a adolescência exige uma dieta balanceada, pois as necessidades nutricionais nessa fase são maiores. Alimentação desregrada, muitos salgados, doces e refrigerantes, são frequentes nessa fase.

Os nutricionistas indicam o consumo de todos os grupos alimentares, com ênfase no consumo de cálcio, importante para a formação do esqueleto, o ferro para o desenvolvimento muscular, esquelético e endócrino e o zinco, contribuindo para o crescimento e a maturação sexual do adolescente.

É importante estar alerta, pois na adolescência há a busca incessável pela magreza e padrões da época, o que pode levar a transtornos alimentares, por isso, os responsáveis devem estar atentos e procurar sempre a ajuda de um profissional de saúde.

Vida adulta

Conhecida como “fase de manutenção”, a fase adulta talvez seja a mais difícil de equilibrar, pois já apresenta fatores externos que podem interferir no processo, como hábitos culturais, horários, situação financeira, entre outros. Apesar disso, a pessoa adulta deve fazer um esforço ara manter o bom funcionamento do corpo, prevenir doenças e melhorar a qualidade de vida para envelhecer com saúde.

Terceira Idade

Conforme a pessoa vai envelhecendo, as suas necessidades de energia vão diminuindo, porém, por outro lado, a necessidade dos nutrientes vai aumentando. Por isso, deve-se priorizar alimentos de alto valor nutricional e a hidratação. Caso o idoso tenha algum tipo de doença é necessário ter um acompanhamento individual, com aporte nutricional adequado.

Quer acompanhar mais dicas sobre saúde e longevidade saudável? Curta nossa página oficial no Facebook e siga nosso perfil no Instagram.